Canada Community News Updates Portuguese

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

Presidente da República deixa mensagem de agradecimento e esperança à Diáspora portuguesa. Marcelo Rebelo de Sousa, que está na Região Autónoma da Madeira para as comemorações do 10 de Junho, lamenta uma vez mais que a pandemia esteja a adiar “o convívio fraterno com todos os compatriotas e luso-descendentes que vivem e trabalham fora das fronteiras físicas de Portugal, mas integram as nossas fronteiras espirituais”.

Todavia, na mensagem que deixou através do programa “Portugal no Mundo”, o presidente fez questão de enviar duas palavras: “A primeira é de agradecimento por mais um ano de resistência à pandemia, pelos sacrifícios passados à distância e pelo apoio sempre dado a familiares e amigos, aos compatriotas residentes em Portugal”.

“A segunda palavra, é naturalmente de esperança. Porque é de esperança que se faz o nosso futuro comum. Esperança em alcançar a tão desejada imunidade de grupo. Esperança na recuperação da crise sanitária. Esperança em ultrapassar os problemas económicos e sociais que a pandemia generalizou e agravou, e aprofundou.”

Marcelo Rebelo de Sousa (foto acima, captura de imagem da mensagem Youtube) reiterou que Portugal conta com toda a diáspora portuguesa na tarefa de reconstrução pós-pandemia. “Eu conto convosco para que essa reconstrução signifique futuro, seja nos países onde se encontram, pela afirmação dos valores que sempre nos caracterizaram, os valores da responsabilidade, do empreendorismo, da coragem cívica, da participação lúcida, da valorização da imagem de Portugal, para além das suas fronteiras físicas. Seja nos momentos ansiados de regresso ao nosso e vosso país, para visitarem familiares e amigos, para conhecerem outros recantos de Portugal, para estimularem atividades económicas e sociais.”

A Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, de visita aos Estados Unidos, no âmbito das comemorações do 10 de Junho, refere na sua mensagem que na celebração que acontece pelo mundo inteiro, “lembramos hoje as primeiras gerações de emigrantes que partiram para os Estados Unidos, o Brasil, o Canadá, a Venezuela e outros países, em busca de uma vida melhor, como lembramos os seus filhos e netos ou tantos jovens graduados e pós-graduados portugueses que vivem hoje em mobilidade constante”.

Para Berta Nunes, “a Diáspora, um importante ativo estratégico do nosso país, tem a particularidade de nos levar ao mundo devolvendo-nos a Portugal, fazendo-nos avançar sem deixarmos, contudo, de refletir sobre o país que somos”.

O Embaixador de Portugal no Canadá, João da Câmara, destaca em mensagem a “relação muito próxima entre Portugal e o Canadá” e o “respeito e simpatia que a comunidade portuguesa desfruta na sociedade canadiana”.

Apesar do sofrimento que a comunidade tem suportado durante pandemia, o diplomata não tem dúvidas de que esta “irá reemergir mais forte, mais solidária e mais interventiva nesta tão generosa sociedade de acolhimento”.

Hoje o Little Portugal no Dundas BIA, juntamente com o escritório da Vice-Presidente da Câmara, Ana Bailão, estarão a comemorar virtualmente o 10 de junho (17h00). Imediatamente a seguir, será anunciado o conceito artístico vencedor para o Projeto Galo de Barcelos.

Face ao impacto da Covid-19, a Aliança dos Clubes e Associações Portuguesas do Ontário (ACAPO), informa em comunicado que as celebrações da LiUNA Semana de Portugal 2021, este ano, ficarão restritas a alguns dos seus eventos simbólicos, com cobertura nas suas plataformas de redes sociais.

O programa proposto para 10 de junho inclui: Homenagem aos Pioneiros no High Park (18h00); Homenagem aos Voluntários no Trinity Bellwoods Park (18h45); e Tributo a Camões, na Praça de Camões (19h30).

In the pic at the top, Portugal Day in High Park and Camões’s statue (photo credit: LA)

Leave a Reply


cnmng.ca ***This project is made possible in part thanks to the financial support of Canadian Heritage;
and Corriere.ca

“The content of this project represents the opinions of the authors and does not necessarily represent the policies or the views of the Department of Heritage or of the Government of Canada”