Community Culture History Portuguese

Museus de História de Toronto lançam nova programação virtual do Mês dos Povos Indígenas

Os Museus de História de Toronto exploram a presença duradoura dos povos indígenas em Toronto. Foto – In the Steps of our Ancestors (Nos Passos dos nossos Antepassados).

O lançamento oficial do Mês dos Povos Indígenas nos Museus de História de Toronto, um grupo de 10 museus pertencentes e operados pela cidade de Toronto, teve lugar esta terça-feira (1 de junho).

A celebração online com duração de um mês incluirá guias, um programa de culinária, uma experiência de compra que inclui produtos de artistas e autores indígenas, e apresentações de filmes e dança de artistas emergentes e consagrados.


O programa virtual de um mês substitui o Festival de Artes Indígenas de 2021, que não pode ser realizado devido à COVID-19.

“Incentivo todos os residentes a participarem nesta programação para aprenderem mais sobre as histórias indígenas, pontos fortes e contribuições, bem como a resiliência de todas as comunidades indígenas”, disse o presidente de Toronto, John Tory, em comunicado à imprensa.

Para apoiar este mês de programação, a cidade criou um grupo de trabalho, a Indigenous Peoples Month Task Force, enraizada nos princípios dos sete ensinamentos do avô, uma filosofia Anishnaabe.

A programação inclui uma parceria com o imagineNATIVE Film&Media Arts Festival, dois filmes produzidos pela Mississaugas of the Credit First Nation: Niibi (Água), uma peça de teatro juvenil e um filme educativo de celebração do Moccasin Identifier Project criado por Carolyn King, O.C., e outros.

Por meio do programa Despertar dos Museus de História de Toronto, também vão estar disponíveis dois filmes com foco nos indígenas: A Portrait in Red, filmado em Todmorden Mills, e Acknowledgment, filmado em Fort York. Os dois filmes fazem parte do projeto We Were Always Here.

O Chefe Stacey Laforme disse que a Mississaugas of the Credit First Nation tem orgulho em trabalhar com os parceiros nos Museus de História de Toronto para trazer uma programação de um mês que destaca as Artes e Cultura Indígenas. “Pessoalmente acredito que o propósito das artes é muito mais do que entretenimento. As artes unem as pessoas, preenchem lacunas na comunicação e permitem uma ligação e compreensão mais profundas”, sublinhou.
Todas as apresentações e painéis são gratuitos para o público. Para eventos selecionados, é necessária uma inscrição antecipada. A programação completa estará disponível no dia 9 de junho. Mais informações estão disponíveis em Toronto History Museums.

O Mês dos Povos Indígenas nos Museus de História de Toronto, é uma iniciativa municipal, em parceria com a Mississaugas of the Credit First Nation.

A cidade vai assinalar o Dia Nacional dos Povos Indígenas, virtualmente, no próximo dia 21 de junho.

Mais de 80 000 residentes em Toronto são de comunidades indígenas. Toronto tem a maior população indígena do Ontário e a quarta maior do Canadá.

Leave a Reply


cnmng.ca ***This project is made possible in part thanks to the financial support of Canadian Heritage;
and Corriere.ca

“The content of this project represents the opinions of the authors and does not necessarily represent the policies or the views of the Department of Heritage or of the Government of Canada”