Canada GTA News Updates Portuguese

TTC diz que conclusão dos trabalhos entre St. George e St. Andrew permite eliminar até 100 encerramentos futuros ao fim de semana

A agência de transporte público de Toronto refere em comunicado (4 de junho) que o trabalho realizado durante os três encerramentos de 10 dias em parte da linha amarela do metro vai permitir eliminar entre 75-100 encerramentos planeados ao fim de semana nos próximos anos, bem como eliminar a necessidade de um desvio das estações Museum e Queen’s Park por até dois anos.

Na semana passada, a TTC completou o seu terceiro encerramento de 10 dias na Linha 1, entre as estações de St. George e St. Andrew. O encerramento, que ocorreu de 17 a 26 de maio, permitiu à TTC aproveitar o baixo número de passageiros para fazer um progresso significativo nos trabalhos de reparação.

Durante os três encerramentos de 10 dias em março, abril e maio, a TTC removeu e substituiu aproximadamente 44 000 pés quadrados de teto nas estações afetadas. O trabalho de reparação também foi concluído no piso das estações do metro Museum, Queen’s Park e Osgoode.

O presidente da Câmara, John Tory, que elogiou a TTC “por acelerar e concluir este trabalho durante esta emergência sem precedentes”, bem como a paciência dos utilizadores da TTC, salientou que “este trabalho vai garantir que continuemos a ter um sistema de transporte público seguro e confiável nos próximos anos e que estamos prontos para receber os passageiros de volta quando reabrirmos em segurança”.

Também o diretor executivo da TTC, Rick Leary, destacou a importância das obras que permitiram “poupar aos nossos clientes anos de interrupções e inconveniências”.

“Estou muito satisfeito por termos conseguido levar a cabo tudo isto num período de tempo relativamente curto – fizemos aproximadamente 18 meses de trabalho em 30 dias. Quero agradecer a todos os envolvidos pelo seu trabalho árduo e agradecer aos nossos clientes pela sua paciência.”

Durante o encerramento mais recente, a TTC removeu o amianto das plataformas em direção ao sul das estações de St. Patrick e Queen’s Park, o que completa a redução de amianto naquela área. Ainda segundo a TTC, em março e abril, foi removido o amianto das plataformas em direção ao norte dessas estações do metro.

No comunicado é ainda referido que foram levadas a cabo obras adicionais que incluíram a instalação de cabos de força de tração de maior capacidade e a remoção de cabos antigos. As equipas de trabalho da TTC também instalaram uma nova infraestrutura de comunicação, incluindo ligações adicionais de monitorização da porta da carruagem para futura implementação do OPTO (One Person Train Operation) nas estações Osgoode e Museum.

Ao concluir a manutenção planeada antes do previsto, a TTC diz que pode agora virar a sua atenção para o retoque arquitetónico e a modernização das plataformas das estações.

Foto créditos: TTC

Leave a Reply


cnmng.ca ***This project is made possible in part thanks to the financial support of Canadian Heritage;
and Corriere.ca

“The content of this project represents the opinions of the authors and does not necessarily represent the policies or the views of the Department of Heritage or of the Government of Canada”