Health & Medicine Podcasts & Videos Politics Portuguese

Província vai permitir receber a 2.ª dose sem limite de idade

Article by Corriere Canadese Staff — Translation and Video by Luis Aparicio

A ministra da Saúde do Ontário, Christine Elliott, confirmou ontem que a província está a “examinar” a possibilidade de permitir que todos os ontarianos, com 12 anos, possam marcar uma consulta para a segunda dose da vacina contra a Covid-19, semanas ou mesmo meses antes do previsto.

O Ontário tinha dado autorização – já a partir desta semana – para que os residentes com 80 anos ou mais, elegíveis para tal, possam receber a segunda dose da vacina, mas não parecia ter planos de alargar a elegibilidade a todos os indivíduos capazes de receber já uma injeção e não antes de 9 de agosto.

A ministra Elliott, no entanto, especificou que estão em andamento discussões sobre a potencial eliminação dos requisitos de idade, “para garantir que qualquer pessoa que queira receber a segunda vacina possa obtê-la o mais rápido possível”. E acrescentou: “estamos a analisar todas as opções, porque queremos trazer a vida de volta ao normal o mais rápido possível”.

De acordo com o plano apresentado recentemente pelo governo de Doug Ford, os residentes com 70 anos ou mais seriam elegíveis para receber a segunda dose durante a semana de 14 de junho, mas a província passaria depois a um método de “primeiro a entrar e primeiro a sair”, no qual os residentes se tornariam elegíveis com base na informação de quando receberam a sua primeira injeção da vacina contra a Covid-19.

Elliott antecipou que se a província acelerasse a elegibilidade para incluir todas as faixas etárias, isso seria feito em todo o Ontário e não apenas nas chamadas comunidades “hotspots” (zonas críticas de maior prevalência da Covid-19). Até agora, quase 70% dos adultos do Ontário receberam pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19, mas apenas uma pequena fração – cerca de 835 000 pessoas – está totalmente vacinada.

Leia o artigo em corriere.ca

Read More>>>

Leave a Reply


cnmng.ca ***This project is made possible in part thanks to the financial support of Canadian Heritage;
and Corriere.ca

“The content of this project represents the opinions of the authors and does not necessarily represent the policies or the views of the Department of Heritage or of the Government of Canada”